11 de mar de 2009

Textos sobre CT&I

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO NO PÓLO TECNOLÓGICO DE SÃO CARLOS

Analisar atividades de CT&I é um desafio para a definição de políticaspúblicas. O uso da bibliometria permite diagnosticar, analisar e construir indicadores deCT&I mais consistentes. São Carlos foi escolhida como foco pois: a) há poucaspesquisas sobre CT&I em sistemas locais e os processos inovativos são altamentelocalizados; b) reúne conjunto significativo de empresas de alta tecnologia; c) é a sextacidade do país em número de publicações científicas, segundo a Web of Science.O artigo apresenta elementos conceituais de construção de indicadores de ciência, tecnologia e inovação e resultados parciais referentes à primeira fase da pesquisa em andamento, "Indicadores de CT&I do Pólo Tecnológico de São Carlos: contribuições para um sistema local de inovação", desenvolvida no âmbito do Departamento de Ciência da Informação da UFSCar e que conta com o apoio do CNPq através do Edital Universal. Esta pesquisa insere-se na área de Ciências SociaisAplicadas, no campo da Ciência da Informação e neste contexto os autores consideram que é deextrema relevância trazer os aportes teóricos desta área de conhecimento para a construção de um referencial teórico consistente. Ademais, as inúmeras reflexões propiciadas pelo desenvolvimento do tema “Indicadores de Ciência e Tecnologia” expostas neste artigo são fruto de reflexões teóricas e de práticas de pesquisa que já vêm sendo realizadas pelos autores nesta área.Um segundo texto que também coletei: A construção de um modelo de arcabouço legal para Ciência, Tecnologia e Inovação /RUY DE ARAÚJO CALDAS fala do “Projeto Diretrizes Estratégicas para Ciência, Tecnologia e Inovação em um Horizonte de 10 anos” (DECTI), do MCT e propõe a discussão do futuro da ciência, tecnologia e inovação (CT&I) com base em temasconsiderados prioritários e com suficiente abrangência no contexto sócio-econômico nacional. Objetiva envolver a sociedade no debate sobre a importância da CT&I como auxiliar na superação dos problemas do país e para a promoção do desenvolvimento sustentável e, por outro lado, visa abrir um amplo debate que conduza à definição de diretrizes e estratégiaspara CT&I nos próximos dez anos.Meus textos se preocupam mais com a construção de indicadores de CT & I e não com os conceitos pedidos e definidos em aula pela professora Asa. Acredito que estes servirão para aulas futuras.

Referência bibliográfica
Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Vol. 3, Nº. 2, 2005 , pags. 17-30

Um segundo texto que também coletei: A construção de um modelo de arcabouço legal para Ciência, Tecnologia e Inovação /RUY DE ARAÚJO CALDAS fala do “Projeto Diretrizes Estratégicas para Ciência, Tecnologia e Inovação em um Horizonte de 10 anos” (DECTI), do MCT e propõe a discussão do futuro da ciência, tecnologia e inovação (CT&I) com base em temasconsiderados prioritários e com suficiente abrangência no contexto sócio-econômico nacional. Objetiva envolver a sociedade no debate sobre a importância da CT&I como auxiliar na superação dos problemas do país e para a promoção do desenvolvimento sustentável e, por outro lado, visa abrir um amplo debate que conduza à definição de diretrizes e estratégiaspara CT&I nos próximos dez anos.

RUY DE ARAÚJO CALDAS é Doutor em Bioquímica, Professor Titular Aprosentado da
Universidade de Brasília – UnB, Diretor do curso de Pós-Graduação em Biotecnologia Genômica da Universidade Católica de Brasília.
Meus textos se preocupam mais com a construção de indicadores de CT & I e não com os conceitos pedidos e definidos em aula pela professora Asa. Acredito que estes servirão para aulas futuras.

Silvia Leticia - noturno

Nenhum comentário: